Diretoria do Core-MT homenageia o senador Wellington Fagundes

O senador Wellington Fagundes (PL) foi homenageado pela diretoria do Conselho Regional dos Representantes Comerciais no Estado de Mato Grosso (Core-MT), em evento na sede da entidade. A honraria foi concedida pela relatoria do senador, na aprovação junto ao Senado da PLS nº05/2015.

O presidente do Core-MT, José Pereira Filho destacou que foi um grande trabalho prestado a categoria dos representantes comerciais de todo Brasil, “os Representantes do Estado sentem-se orgulhosos pela representatividade do nosso senador”, pontuou.

A aprovação mudou a Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006, alterando o enquadramento no Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional) das atividades de prestação de serviço de representação comercial e demais atividades de intermediação de negócios e serviços de terceiros.

Pereira Filho enfatizou que, mesmo em tempos de pandemia, os representantes comerciais jamais desanimaram e continuaram trabalhando. “Os Representantes são os maiores fomentadores do comércio e um dos principais geradores de impostos do país. A indústria dependente do representante para fazer os produtores chegarem ao mercado consumidor”, avaliou a conselheira Ângela Carvalho, do Conselho Fiscal do Core-MT.

No mesmo evento, por telefone, no viva-voz, o presidente do Confere, Archimedes Cavalcanti Júnior, anunciou que, em breve, Fagundes vai receber a Comenda Plínio Afonso de Farias Melo, maior condecoração da entidade. “Tão logo seja possível, vamos realizar o evento e entregar a Comenda Plínio Afonso, para o senador Wellington Fagundes”, prometeu Archimedes Cavalcanti.

Fagundes destacou que houve relatórios considerados tão consistentes quanto o seu, mas que não passaram pelo crivo do plenário. “Relatório bom é o que é aprovado pela maioria e vai à sanção [presidencial], para beneficiar a sociedade”, justificou o senador do PL mato-grossense.